Portaria 419 / 2012

Por que certificar panelas metálicas?

Segundo as estatísticas, muitos dos acidentes domésticos registrados na atualidade ocorrem nas cozinhas, especialmente durante o preparo de algum alimento. Por conta disso, é essencial que apenas adultos tenham acesso aos utensílios de cozinha, o que inclui as panelas, formas, frigideiras, fritadeiras, entre outros. Além disso, é preciso que todos esses itens sejam seguros para o manuseio e para o preparo dos alimentos.

Pensando nesse tipo de necessidades, o Inmetro publicou a Portaria 419 / 2012, que determina o respectivo programa de certificação compulsória para panelas metálicas e itens similares. O objetivo da publicação é que os itens discriminados, sejam eles de produção nacional ou importados, tenham suas propriedades avaliadas pelos Organismos de Certificação de Produtos (OCPs) acreditados pelo Inmetro, como é o caso da Brics. Assim, as panelas devem ser submetidas aos testes laboratoriais que determinarão se atingem ou não os requisitos predefinidos de segurança e desempenho.

Quais produtos devem ser certificados?

A referida portaria contempla uma lista com diversos itens passíveis de certificação. Dentre estes, destacam-se: panelas metálicas, abafadores, assadeiras ou tabuleiros, utensílios de banho-maria, bifeteiras ou bistequeiras, crepeiras, bules, cafeteiras, canecas, chaleiras, fervedores, leiteiras, caçarolas, caldeirões, churrasqueiras, cozedores a vapor, cuscuzeiras, formas de pizza, espagueteiras, formas, formas para fonte direta de calor, frigideiras, fritadeiras, marmitas, merendeiras, omeleteiras, molheiras e panelas de pressão.

Quais modelos para certificação de panelas metálicas existem?

A Portaria 419/2012 define os principais requisitos e etapas de avaliação e certificação para as panelas metálicas. O documento para esta categoria de produtos estabelece que podem ser utilizados os seguintes modelos de certificação:

• Modelo 4: ensaio de tipo e verificação de ensaio em amostras obtidas no fabricante e no comércio (válido apenas para micro e pequena empresa – MPE);
• Modelo 5: avaliação inicial com amostras retiradas no fabricante, com implementação de SGQ (Sistema de Gestão da Qualidade), seguida de avaliação de manutenção periódica em amostras retiradas no mercado;
• Modelo 7: ensaio de lote.

Conte com a Brics

Precisando de certificação de panelas metálicas, conte com a Brics. Aqui você encontra toda a infraestrutura para obter os selos de certificação para seus produtos com agilidade e praticidade. Assim, é possível obter a garantia de segurança e eficiência de desempenho.